Facebook anuncia fim do Partner Categories

Mais reflexos do escândalo Cambridge Analytica (saiba mais sobre ele clicando aqui). Na semana passada, depois de um silêncio de dias, Zuckerberg se pronunciou no Facebook e em entrevistas à CNN e The New York Times.  O CEO do FB disse, entre outras coisas, que pretendia limitar o acesso de terceiros a grandes quantidades de informações dos usuários de sua plataforma.

Essa declaração ficou mais clara com a divulgação nesta quarta-feira (28) de que a plataforma vai encerrar sua Partner Categories (Categorias de Parceiros), que permitia cruzar os dados do Facebook com os de outros bancos de dados de terceiros, incluindo informações offline dos usuários da rede social.

O anúncio, por exemplo, afeta o serviço de segmentação de ads oferecido por empresas como a Serasa Experian, que relacionava as informações dos perfis de Facebook com dados demográficos, econômicos e financeiros.

Mas isso vai afetar a segmentação de anúncios dentro do Facebook?

Essa decisão do Facebook, tomada para tranquilizar os usuários com relação à privacidade de suas informações na rede social, afeta apenas as segmentações de ads oferecidas por terceiros, como era o caso da Serasa.

Zuckerberg perde dinheiro com o fim dessas parcerias, limitando o alcance da segmentação dentro da sua plataforma, mas não é louco a ponto de acabar com modelo de negócio de sua companhia, baseado justamente na publicidade segmentada para os seus 2,1 bilhões de usuários ativos.

A rede social deixou claro que as opções de segmentação anônima oferecidas pelo próprio Facebook seguem funcionando e são as soluções mais utilizadas pelo mercado.

Portanto, mais uma vez, não há motivo para pânico.

A segmentação oferecida pelas redes sociais segue sendo um diferencial para você atingir seu target de forma certeira.

Para isso, conte com a experiência da Enken, uma agência que tem o digital no seu DNA, para desenvolver a estratégia online de sua empresa, do site às redes sociais.

Agência Enken: Novas ideias por um novo mundo.

Conheça cases da Enken. Curtiu? Curta a gente também no Facebook.

Photo credit: mkhmarketing on Visualhunt / CC BY

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: