Começando o ano!

Olá Pessoal!

Esse ano prometi para mim e para a Cintia (responsável pelo conteúdo do portal E-commerce) que postaria no mínimo 2 textos por mês. Mas confesso que espero poder contribuir com muito mais informação.

A minha ideia é colaborar com dados e análises do mercado e incentivar as pessoas a colocar em prática algumas dicas aqui comentadas.

Começo postando o conteúdo que apresentei no curso de Férias da ESPM sobre E-commerce, coordenado pela Sandra Turchi. O tema explorado é “Como aumentar a taxa de conversão no E-commerce”.

Recebi muitos elogios da programação do curso e de sua coordenação e confesso que este tipo de feedback é muito importante. E um dos feedbacks que recebi foi da minha amiga Karen Sanchez, que comentou uma forma diferente de medir a taxa de conversão e o cálculo do ROI.

No material exposto na ESPM abordo uma forma de calcular a taxa de conversão em cima de pedidos aprovados (excluindo todos os pedidos não aprovados ou que não foram concluídos). Essa forma de cálculo baseia-se em materiais das empresas provedoras da plataforma de e-commerce.

Buscando na internet, encontrei outras fórmulas como essa do site actionplus.com.br:

 

Esta fórmula traz todos os pedidos que sua loja teve, não mencionando se são válidos ou não. Sendo aplicável para descobrir a Taxa de Conversão também.

Pesquisando um pouco mais, encontrei um texto excelente no portal ecommercegirl.com da minha amiga e parceira de ABComm, Solange Oliveira.

Solange explica como calcular e ainda indica um site com uma calculadora online para facilitar a sua vida. Segue link: http://www.futurenowinc.com/ccrcalculator_results.cfm

O Cálculo de ROI sempre foi muito discutido e questionado – escuto isso há pelo menos uns 6 anos. Mas uma outra forma de calcular também é não subtrair o valor investido do valor vendido e dividir apenas pelo valor investido. No meu exemplo, teríamos um ROI de 10.

Ainda pesquisando, encontrei no Wikipédia a seguinte referência:

ROI=Lucro líquido÷Investimentos representa o retorno que determinado investimento oferece. Geralmente é utilizado para determinar o retorno de investimentos isolados. Invertendo-se a relação (ROI=Investimento÷Lucro Líquido), obtém-se o tempo necessário para se reaver o capital investido.

Mas o ponto principal dessa discussão e o que eu sempre procuro promover é o fato de acompanhar seus números e analisá-los. E sempre que possível implementar as alterações e sempre acompanhá-las. Se for acompanhar sua taxa de conversão apenas com pedidos válidos, crie um indicador e estabeleça uma meta para alcançá-la!

Uma das perguntas que me fizeram foi “Como descobrir a taxa de conversão baseada no seu segmento de atuação?” Não são todas as empresas que abrem esse detalhe de números e nem sempre recebo a autorização dos clientes para abrir este tipo de informação. Mas a dica que dou é: converse com outras lojas do mesmo segmento que o seu, dividir é somar! Participe de eventos da área, sempre comenta-se algo a respeito. Leia bastante sobre o assunto, e por fim, estabeleça uma meta baseada em seu histórico, considerando como taxa de crescimento a  mesma taxa do E-commerce como um mínimo. Com isso já temos um bom parâmetro de números para acompanhar.

Por fim, segue abaixo a aula. Dúvidas, fique à vontade para falar comigo!

Abraços e Obrigado!

Thiago Sarraf

http://www.twitter.com/thiago_sarraf

http://www.slideshare.net/thiagosarraf

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: