Comune chega ao mercado brasileiro e deve revolucionar buscas por promoções e descontos

Empresa conta com tecnologia que proporciona acesso irrestrito às ofertas anunciadas pelos sites de compras coletivas de forma interativa e com atualizações a cada hora

David Reck, diretor e sócio-fundador da Enken Comunicação Digital, uma das principais agências de marketing, publicidade e comunicação online do País, anuncia a chegada de uma nova empresa ao mercado virtual, que vai impulsionar o segmento de buscas por ofertas a um novo patamar. Ao lado de Emmanuel Santana e Michel Bottan, sócios na empresa, Reck lança a Comune (www.comune.com.br), empresa que nasce com o objetivo principal de facilitar a vida do consumidor reunindo as melhores e mais atrativas ofertas anunciadas pelos sites de compras coletivas, sejam relacionadas a produtos ou serviços.

O mercado de compras coletivas atingiu o seu “boom” em 2010. No Brasil já são mais de 500 sites, que disponibilizam, apenas em São Paulo, cerca de 200 ofertas por dia. Com esta explosão em número de ofertas e sites, surgiram alguns poucos agregadores de ofertas de compra coletiva, para que o usuário possa ver  todas as ofertas em um único lugar.

O Comune entra no mercado com uma nova proposta de agregador de compras coletivas, além de agregar as ofertas e informações relacionadas, ele também provê facilidades para o usuário encontrar as ofertas que deseja. Além de não necessitar de nenhum  esforço  por parte dos sites,  já que no Comune  as ofertas  são  capturadas independente da tecnologia e estrutura dos sites.

Com o volume de ofertas crescente,  o Comune  destaca as ofertas de maior custo-benefício, equilibrando a porcentagem de desconto, preço e principalmente a quantidade de cupons vendidos. Segundo Michel Bottan, “Os cupons mais vendidos refletem as ofertas que estão despertando maior interesse dos consumidores naquele momento.”

De acordo com Reck, que é sócio-fundador da Comune, os consumidores terão mais facilidade para encontrar as ofertas, pois a interface foi pensada para o usuário refazer seus filtros e ordenações com agilidade.    “O objetivo é entregar facilidade ao consumidor. Vamos reunir  todas  as ofertas e  destacar as  oportunidades mais interessantes”, explica o executivo. Nele podem ser encontrados filtros diversos, para que a busca pelas ofertas seja o mais refinada possível.  “Após selecionar a cidade, é possível, por exemplo, escolher somente as categorias desejadas e ordenar as ofertas pelo  número de vendas.  Com a busca  por palavra  é possível  ir direto as ofertas de maior interesse, sendo ainda que especialmente para as cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro, devido a existência de um grande  número de ofertas, haverá um destaque especial  com as ofertas mais vendidas no dia”, revela. O mecanismo  deve tornar a busca por um serviço ainda mais dinâmica, principalmente com as atualizações promovidas pelo site acontecendo a cada hora, ou seja, se uma nova oferta for lançada por algum site de compra coletiva no decorrer do dia, o sistema fará a varredura e incluirá tal promoção entre as novidades.

Michel  Bottan  conta também  que os consumidores poderão receber ofertas
diariamente por e-mail  somente com as ofertas  desejadas.    “Percebemos  que as pessoas se interessam mais por ofertas próximas  a lugares que fazem parte do seu cotidiano. Nosso e-mail diário enviará as ofertas mais próximas do bairro de interesse escolhido. ”, explica. A expectativa é de que um milhão de cadastros  seja realizado  já nos primeiros três meses de atividades da Comune.

Em breve o site também contará com espaço para inserção de comentários sobre as ofertas e indicação da satisfação do consumidor com o serviço prestado pelas empresas, além de outras funcionalidades que estão sendo desenvolvidas. O objetivo é reunir o máximo de dados possíveis sobre uma oferta para que o cliente não tenha dúvidas quanto à qualidade do que é escolhido e tenha segurança na seleção.

O  sistema da Comune também foi  estruturado  para receber conceito de
geonavegação, uma forma de levar ao participante e aficionado por compras coletivas a real localidade do prestador de serviço, além de apontar ofertas em regiões próximas a ele no momento do acesso ao site. De acordo com relatos de alguns participantes, esse é um dos principais obstáculos hoje para quem gosta das ofertas, já que as pessoas acabam, em  alguns casos, precisando atravessar a cidade para usufruir do serviço adquirido. “Como a compra é realizada por impulso, no momento da emoção, as pessoas não atentam para a questão do local”, avalia Reck, que completa dizendo que “com o sistema da Comune será possível aproveitar ofertas em locais muito mais próximos ao trabalho, faculdade ou mesmo de casa, inclusive as oferecidas por sites menores que não estão presentes na mídia”, explica.

Reck acredita que a grande tendência nos próximos anos seja exatamente a
centralização das ofertas oferecidas pelos sites de compras coletivas em grandes agregadores de compras, como a Comune. Segundo pesquisa realizada pela Ibope Nielsen Online, os sites de compras coletivas atingiram 5,6 milhões de usuários únicos em setembro de 2010. O número equivale a 14% dos internautas do mês. Em junho, a audiência única desses sites somava 1,7 milhão de usuários. O crescimento foi de 31% em setembro e de 231% em três meses. “É fato que os jovens internautas, de 25 a 34 anos, são  os que mais utilizam os sites de compras coletivas. O natural é que essas pessoas busquem por serviços que centralizem as ofertas, já que o acesso normalmente acontece do trabalho e o tempo para verificação de todos os  sites  disponíveis atualmente é amplo, já são mais de 500 sites no Brasil”, afirma.

A Comune também desembarca em outros países da América Latina no segundo trimestre e o plano é levar o sistema também aos usuários europeus. De acordo com pesquisa da E-Consulting Corp, o comércio eletrônico da América Latina e Caribe deve movimentar US$ 69,7 bilhões em 2011. O levantamento aponta que o Brasil é o maior mercado de comércio eletrônico, representando 45% do total, seguido de México, Venezuela, Argentina, Chile e Colômbia,  que juntos representam 35%, e os demais países com 10% de representatividade.  “O Brasil vem ditando as tendências de comportamento de consumo no continente e com as compras coletivas o padrão se mantém. Logo, também estamos apostando na entrada nos mercados vizinhos, que prometem lucratividade bem interessante já no ano que vem”, completa Reck.

Novidade por si só, a Comune abusa da criatividade e inovação e lança, em paralelo, o aplicativo mobile para iPhone, levando, assim, as melhores ofertas de compras coletivas para onde o consumidor estiver.


Ideias & Efeito Assessoria de Comunicação
Tel.: (11)3277-8252 / 9481-5062
A/C: Paula Yokoyama/Thaila dos Anjos
paula@ienoticia.com.br
thaila@ienoticia.com.br
www.ienoticia.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: